Luiz Henrique Lima Campos – Microsoft MVP

1 de fevereiro de 2019
por luizhenriquelima
0 comentários

Próxima grande atualização do Windows 10 já tem nome e a sua lista das novidades

A Microsoft tem no Windows 10 o seu sistema operativo mais importante dos últimos anos. Os seus desenvolvimentos são continuos e as novidades estão a chegar a um ritmo elevado.

Depois da confusão que foi a atualização de outubro de 2018, é agora a hora de chegar uma nova. Esta já tem nome e também uma lista definida de novidades que vão ser apresentadas.

Windows 10 atualização Microsoft novidades desenvolvimentos

Começam a ser cíclicas as novas versões do Windows 10 com o intuito de trazer novidades. Pelo menos 2 vezes por ano surgem as atualizações esperadas, com todas as novidades que foram criadas até esse momento.

Agora, depois de uma última atualização problemática, é hora de preparar a próxima ronda de novidades. A Microsoft vai chamar-lhe Windows April 2019 Update e, como o nome indica, tem também já uma data para ser lançada.

Windows 10 atualização Microsoft novidades desenvolvimentos

Com base na linha de builds 19H1, esta deverá ser terminada até ao fim do fim do primeiro quadrimestre, sendo depois tornada pública e instalada em todos os PCs. As novidades são muitas e têm sido já apresentadas de forma frequente.

O Edge vai passar a estar baseado no Chrome

Uma das mais importantes novidades desta nova atualização será mesmo a mudança radical que o Edge vai sofrer. A Microsoft optou por abandonar o seu motor de browser, o EdgeHTML, sendo usado o Blink.

Windows 10 atualização Microsoft novidades desenvolvimentos

Assim sendo, é ainda é cedo para saber o que isto representará, mas há a certeza de ser um browser rápido e com suporte para extensões.

A Microsoft tem já um programa de testes preparado para avaliar a novidade. Para aderir ao novo programa Insider dedicado ao Edge, os utilizadores só necessitam de se registar nesta página.

O menu iniciar e as apps vão contar com um tema light

Também ao nível do menu iniciar e da parte gráfica vão haver várias mudanças. A mais representativa e mais visível vai ser a chegada de um tema Light ao Windows 10. Este terá cores mais claras e será mais ajustado para uma utilização mais leve.

Windows 10 cara Microsoft atualização

Além disso, o próprio Menu Iniciar terá mudanças no desempenho, com a criação de vários processos para controlar de forma mais precisa a sua utilização com a finalidade de evitar problemas.

As atualizações vão reservar espaço no Windows 10

As atualizações do Windows 10 vão também ser alvo de melhorias de monta. Primeiramente, o Windows passará a reservar espaço para a instalação de atualizações. Desta forma não vão haver mais situações de falta de espaço.

Windows 10 atualização Microsoft novidades desenvolvimentos

Para os utilizadores do Windows 10 Home há também uma surpresa. Estes vão passar a poder colocar as atualizações em pausa, garantindo assim que estas são instaladas apenas quando o utilizador pretende.

O Windows 10 vai ter uma sandbox nativa e segura

No campo da segurança vão surgir novidades que vão proteger ainda mais os utilizadores. A mais importante é mesmo a Sandbox que a Microsoft preparou para os utilizadores.

O Windows Sandbox vai conseguir isolar de forma segura e simples todas as aplicações que não se considerem seguras.

Windows 10 atualização Microsoft novidades desenvolvimentos

Com o Windows Sandbox, o Windows 10 criará áreas completamente seguras e que têm por base o seu próprio sistema operativo. Outra vantagem óbvia é que com poucos cliques está acessível uma máquina virtual sem toda as complicações que normalmente existem.


Depois de uma atualização de outubro desastrosa, que terminou apenas em dezembro, espera-se sem dúvida que esta corra melhor. Todas estas novidades vão melhorar o Windows 10 para que possa ser ainda melhor. Querem ainda continuar o seu crescimento e trilhar o caminho para o domínio do mercado.

19 de janeiro de 2019
por luizhenriquelima
0 comentários

Liberado o Windows Server 2019 Evaluation

Antes tarde do que nunca. Microsoft liberou hoje o download da versão de avaliação do seu mais novo sistema operacional de servidores, o Windows Server 2019.

A Microsoft possuem um canal de comunicação com os usuários chamado de Evaluation Center (Centro de Avaliação). Lá você pode baixar diversos programas da empresa bem como Windows, Office, SQL Server e até mesmo o System Center para fins de estudo e avaliação.

O Windows Server 2019 foi liberado para download logo depois do seu lançamento oficial que ocorreu em julho do ano passado, mas em função de problemas técnicos a Microsoft removeu a opção de download da mídia.

Caso você queira baixar esse novo sistema operacional é só clicar aqui. É preciso criar uma conta na Microsoft para conseguir proceder com o download e usufruir de todas as vantagens.

22 de dezembro de 2018
por luizhenriquelima
0 comentários

Definir local de rede Privado no Windows Server 2016 com PowerShell

Quando conectamos uma nova rede no computador, nos é perguntado se queremos compartilhar dados na rede ou não. Caso o clique seja feito no Não, ou ignorarmos esse questionamento, o Windows entende que você está em uma rede pública e não habilitará nada de compartilhamentos ou acesso remoto. Isso é uma dor de cabeça para quem usa os computadores ou servidores em rede.

Para realizar a troca de rede pública para rede privada, nem sempre é tão fácil. E para isso segue um tutorial rápido de como realizar o procedimento via PowerShell:

Com o PowerShell executado como administrador, precisamos descobrir em que localização de rede que que o computador está conectado e o índice de Interface de rede.

PS > Get-NetConnectionProfile
Name : Midegard
InterfaceAlias : Wi-Fi
InterfaceIndex : 6
NetworkCategory : Public
IPv4Connectivity : Internet
IPv6Connectivity : LocalNetwork
Após obtermos o "InterfaceIndex" e descobrirmos que a "NetworkCategory" está realmente como "Public", realizaremos o procedimento de alteração do local de rede para Privada.
PS > Set-NetConnectionProfile -InterfaceIndex 6 -NetworkCategory Private
Após esse procedimento, se realizarmos novamente o comando Get-NetConnectionProfile, será possível obseravar que a categoria de rede passou a ser Privada e não mais Pública
PS > Get-NetConnectionProfile
Name : Midegard
InterfaceAlias : Wi-Fi
InterfaceIndex : 6
NetworkCategory : Private
IPv4Connectivity : Internet
IPv6Connectivity : LocalNetwork

Simple e facil de ser utilizado.

23 de outubro de 2018
por luizhenriquelima
0 comentários

Alterando configurações de rede via Windows PowerShell no Windows Server

Neste tutorial vamos mostrar os procedimentos necessários para efetuar a alteração do endereço IP de um adaptador de rede, além de outros parâmetros como os servidores DNS utilizados, endereço do gateway padrão, e também como configurar a máquina para usar endereços atribuídos dinamicamente via DHCP novamente.

Os comandos que serão mostrados são válidos para sistemas a partir da versão Windows 8.

Vamos aos procedimentos.
Abra o Windows PowerShell com privilégios de Administrador para realizar as tarefas a seguir.

Configurar IP Fixo

1. Primeiramente, você pode consultar as configurações de rede atuais. Para isso, execute o comando a seguir:

Get-NetIPConfiguration

Com esse comando obtemos as configurações de rede detalhadas da máquina. Preste atenção no nome do adaptador, pois ele será necessário para realizar a configuração de seu IP.

2. Para alterar o endereço IP de uma interface de rede, vamos usar o comando New-NetIPAddress. Veja o exemplo a seguir:

New-NetIPAddress 192.168.1.35 -InterfaceAlias Ethernet -DefaultGateway 192.168.1.1 -AddressFamily IPV4 -PrefixLength 24

As opções empregadas no comando foram as seguintes:

  • InterfaceAlias: Nome da interface de rede que terá a configuração alterada. No caso, será a interface de nome Ethernet.
  • DefaultGateway: Endereço IP do Gateway Padrão da rede (porta interna do roteador).
  • AddressFamily: Versão de IP a ser atribuíba – no caso, IPv4.
  • PrefixLength: Tamanho do prefixo a ser utilizada, que corresponde à máscara de sub-rede. Em nosso exemplo, usamos o valor 24, que equivale à máscara 255.255.255.0 (endereço classe C)

3. Após configurar o endereço IP, vamos configurar os endereços dos servidores DNS que serão utilizados. Para isso vamos usar o cmdlet Set-DnsClientServerAddress. Veja o exemplo a seguir:

Set-DnsClientServerAddress -InterfaceAlias Ethernet -ServerAddresses 8.8.8.8

Neste exemplo, as opções significam:

  • InterfaceAlias: Nome da interface de rede que terá o DNS configurado
  • ServerAddresses: Endereços dos servidores DNS que serão atribuídos (separados por vírgulas, caso haja mais de um)

4. Após realizar as configurações, basta executar novamente o comando Get-NetIPConfiguration para verificar se elas foram realizadas com sucesso.

Get-NetIPConfiguration

Se você abrir as Propriedades do protocolo IPv4 nas Conexões de Rede do Painel de Controle, verá que os endereços aplicados com os comandos anteriores estarão configurados:

Configurar IP dinâmico

5. Caso você queira voltar a usar IP dinâmico na interface, use o comando Set-NetIPInterface:

Set-NetIPInterface -InterfaceAlias Ethernet -DHCP enabled

E em seguida resete os endereços dos servidores DNS configurados manualmente:

Set-DnsClientServerAddress -InterfaceAlias Ethernet -ResetServerAddress

Além disso, vamos resetar a configuração do gateway padrão utilizado:

Remove-NetRoute -InterfaceAlias Ethernet

Se perguntado se deseja mesmo prosseguir com a remoção, digite “A” para confirmar e pressione enter. Então, reinicie o adaptador de rede com o comando a seguir:

Restart-NetAdapter -InterfaceAlias Ethernet

Após executar os comandos acima a estação deverá voltar a usar IP e demais configurações obtidas a partir do servidor DHCP da rede.